domingo, 3 de março de 2013

COALESCÊNCIA E SEPARAÇÃO DE FASES

Temos neste caso um processo muito mais profundo ( irreversível ), sendo assim, nestes casos irremediável, ou seja, uma vez acontecendo não podemos recompor a emulsão inicial. No presente caso dá-se a coalescência de fases ou seja o reagrupamento dos glóbulos da fase dispersa que perdem a película interfacial de emulgente, separando-se as duas fases completamente, formando duas fases distintas uma sobre a outra.

Uma nova agitação não é, por sí só, capaz de restabelecer a emulsão. Torna-se importante adicionar mais agente emulsivo. A coalescência é um fenómeno intimamente relacionado com as características da pelicula formada pelo agente emulsivo.

Sem comentários:

Enviar um comentário