domingo, 3 de março de 2013

FLOCULAÇÃO E FORMAÇÃO DE ESPUMA

A floculação consiste na agregação de vários glóbulos da fase dispersa, em agregados ou flóculos que, devido as suas maiorias dimensões e consoante a sua densidade relativa, sobem a superfície ou se sedimentam mais rapidamente do que as partículas dispersas individualmente.

Depois desta floculação estes flóculos gretam-se, que a superfície ou no fundo da emulsão sob a forma de um creme.

Devido a este fenómeno inconveniente, as emulsões perdem o seu aspecto homogéneo, dai resultando uma má aparência do produto; mais grave ainda é o facto de o principio activo poder ficar concentrado, perdendo a emulsão as suas propriedades.

Esta alteração não é irremediável,uma vez que podemos recompor o sistema disperso inicial. Admite-se que na formação do creme as partículas se englobam, constituindo uma emulsão muito concentrada, mas ainda rodeadas pela película de agente emulsivo. Assim podem ser de novo dispersas por agitação.

Sem comentários:

Enviar um comentário